segunda-feira, 18 de maio de 2015

Tintura Majicontrast (L'Oréal Paris)


      Como política, aqui do Necro Side, já havia dito antes que não compraria quaisquer produtos, cuja a empresa realizasse seus testes em animais. Pois bem... De todos os produtos removidos da minha lista, tenho tido dificuldades em me libertar das tinturas cruéis, uma vez que o mercado nacional não disponibiliza variedade e qualidade, por um preço acessível. Confesso que não fiz nenhuma pesquisa aprofundada sobre o assunto, e mudanças como essa são gradativas, não radicais. Portanto, se houver qualquer crítica, quanto a isso, peço que usem o bom senso.

      No começo da minha transição de cor, eu passava um tempo considerável em frente ao computador, procurando alguma tintura que impregnasse no pretume natural dos meus cabelos, porque, além de descoloração prévia não ser uma opção, tinturas "de farmácia" nem fizeram cócegas na juba. Hoje, por mais que tenha alcançado o vermelho desejado, através do Intensificador 0.6, da Amend, reconheço que se tivesse optado pela Majicontrast, essa escolha teria me poupado frustrações, tempo e, principalmente, dinheiro.

Resenha Majicontrast

      Bom, a Majicontrast faz parte da linha Majirel, disponível em mais 5 tonalidades. Sua proposta é clarear os fios, enquanto os colore, sendo, especificamente, indicada para mechas. Cagando para o folheto, retoquei a raiz e o comprimento, e hoje, escreverei sobre minhas impressões.

      Segundo a marca: "Os corantes Hi.Chroma permitem efeitos visíveis e duradouros em cabelos de bases escuras naturais ou mesmo já coloridas".

Resenha Majicontrast

Embalagem: Por se tratar de uma tintura profissional, a embalagem contém, apenas, o folheto com instruções de uso e um tubo de tintura com 50 ml.

Cor: Vermelho acobreado.

Procedimento: Em um recipiente não metálico, despejei a tintura, juntamente com água oxigenada de 20 volumes, da Amend.

Resenha Majicontrast

Textura: Encorpada e não escorre dos cabelos. Passado algum tempo de repouso, além de oxidar como as outras tinturas, tende à espumar.

Obs.: Essa é uma característica que notei, todas as vezes em que usei essa tintura.

Perfume: Suave, embora tenha me incomodado.


Cobertura: Cobre muito bem, tanto a raiz, quanto o comprimento.

Pós-Coloração: Cabelos com cor intensa, mas, medianamente, danificados. Sugiro redobrar a rotina de cuidados com as madeixas, sobretudo, com as pontas, até sentir os cabelos saudáveis novamente.

Durabilidade: Mesmo eu não usando nenhum produto específico para cabelos tingidos, desbota razoavelmente.


      Concluindo, essa é a tintura perfeita para novatos no mundo dos cabelos coloridos, que desejam madeixas vermelhas, mas possuem dúvidas quanto à descoloração e base apropriada. Também a indico para pessoas impacientes, que buscam resultados visíveis em poucas tentativas de tingimento.

6 comentários:

  1. Eu sou suspeita pra falar de cabelo vermelho, mas como eu amo essa cor... rs
    No meu cabelo costumo usar só o 0.6 da Amend, que deixa um dos vermelhos mais bonitos que eu já vi por aí, mas já ouvi falarem bem desse que você usou também.
    Ótima resenha!
    Seu cabelo ta lindo!
    bjin

    http://monevenzel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mone, somos duas suspeitas, estão! rs'

      Eu também costumava usar o Intensificador 0.6, porém, meu cabelo não possui descoloração prévia e, por conta de um alisamento á base de tioglicolato de amônia, não possso usar ox. acima de 30 volumes. A Majicontrasti é um meio de abrir o tom, sem correr o risco de corte químico.

      Obrigada. Beijão! :*

      Excluir
  2. Entendo o teu lado com relação a tinturas: as veganas muitas vezes não pegam, e as não testadas são caras (importadas).
    Curti o vermelho, não conhecia esta tintura.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, Vivien! Fico feliz que tenha me compreendido. ^^

      Oh, assuntinho complicado...

      Beijão! :*

      Excluir
  3. Já tinha ouvido falar dessas tintas quando era ruiva.
    Também estou nessa de sempre optar por produtos que não testam!
    Vamos continuar avançando. <3
    E curti a cor!
    Bexos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Progredir sempre! Por isso, se possível, opto por produtos Cruelty Free. Mas, esse não foi o caso... :/

      Beijão! :*

      Excluir

Para que a devida atenção seja dada aos visitantes do blog, os comentários passaram por moderação, onde serão lidos e respondidos.